Bolsas da Fundação Rotaria Portuguesa

Bolsas da FRP

A Fundação Rotária Portuguesa privilegia na sua acção a atribuição de Bolsas de Estudo a jovens que revelem dificuldades financeiras. Dado o actual esquema de financiamento do ensino pelo Estado, a Fundação privilegia estudantes do ensino secundário com bom aproveitamento escolar ou estudantes do ensino tecnico-profissional se as aptidões o aconselharem. Destinam-se aos estudantes estudantes residentes em Portugal de grau de ensino superior ao básico quer particular quer público e desde que possuam um rendimento per-capita inferior a 50% do salário mínimo nacional.

Valor das Bolsas FRP

Ensino Secundário - 500,00 €
Ensino Superior - 750,00 €

Bolsas para Estudantes Deficientes

As bolsas para deficientes resultam de um protocolo estabelecido com a Fundação Calouste Gulbenkian para apoio a jovens portadores de deficiência em condições para frequentar um regime de educação normal, mas em manifestas dificuldades para o fazer.

Valor das bolsas para estudantes deficientes – 1.250,00 € sendo que a FRP paga 625,00 € e a Fundação Calouste Gulbenkian os outros 625,00 €.

Bolsas Patrocinadas

As bolsas patrocinadas resultam de donativos efectuados à Fundação por empresas, instituições ou pessoas singulares com essa finalidade.

Este projecto, em expansão permanente, revela que em Portugal há compreensão para os problemas das pessoas e grandes vontades para os ajudar a minorar.

A Fundação faz o encontro entre as boas vontades e as necessidades e está aberta a qualquer cidadão ou instituição que se enquadre nos nossos padrões de ética e de credibilidade.

As bolsas patrocinadas destinam-se a estudantes de grau de ensino superior ao básico quer particular quer público e desde que possuam um rendimento per-capita inferior ao salário mínimo nacional.



Consulte o PDF

Bolsas Reembolsáveis

Destinam-se a estudantes de grau de ensino superior ao básico quer particular quer público e desde que possuam um rendimento per-capita superior ao salário mínimo nacional.

Os contemplados comprometem-se a reembolsar a FRP quando estiverem integrados na vida profissional e possuam rendimentos que o possibilitem.

Bolsas PEDRO ECOFFET

Pedro Ecoffet Taborda, nascido em Leiria a 11 de Abril de 1968, frequentou sempre com as mais altas classificações o Liceu Françês Charles Lepiérre em Lisboa, tendo obtido o diploma de Baccalauréat do Ensino Secundário pela Academia de Toulouse.

Frequentava a Faculdade de Medicina de Paris, orientando os seus estudos no sentido da pesquisa em Genética Médica, quando foi vitimado por acidente de viação.

A família instituiu esta bolsa perpetuando a sua recordação e procurando ajudar outros a prosseguir a finalidade que ele pretendia atingir na sua vida profissional. O valor actual destas bolsas é de 1.000,00 €

Voltar ao topo

Prémio Nacional de Pintura - Jovens Artistas

Bienal Internacional de Pintura da Fundação Rotária Portuguesa

A Bienal Internacional de Pintura da Fundação Rotária Portuguesa decorre de dois em dois anos e destina-se a cidadãos de nacionalidade portuguesa e aos cidadãos dos restantes Estados integrantes da comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) com idade até aos 35 anos. Este Prémio é regido anualmente por Regulamento específico.

Voltar ao topo

Cadeiras de Rodas

Cadeira de RodasOs clubes rotários podem apresentar candidaturas para a obtenção de cadeiras de rodas devendo em simultaneo apresentar uma proposta de comparticipação na sua aquisição. As cadeiras ficarão a ser geridas pelo clube, enquanto forem necessárias na sua comunidade, em regime de comodato.

Voltar ao topo

Saúde Brincando

Saúde Brincando Este projecto visa proporcionar momentos de alegria a crianças e jovens internados em hospitais. Em princípio, um clube rotário articula com um hospital da sua comunidade a realização de um espectáculo mensal, com palhaços, músicos, ilusionistas,... Também é aconselhável a entrega de brinquedos. O clube ou clubes promotores colaboram na obtenção dos fundos necessários ao financiamento do programa.

Voltar ao topo

Apoio aos Jovens

JovensTodo o clube que tencione promover iniciativas que visem apoiar os jovens, em qualquer na área educativa, profissional, cultural , ou seja, que contribua para a sua formação e afirmação cívica e social pode apresentar o programa à Fundação para que se encontrem esquemas de colaboração.

Voltar ao topo