Visita Oficial do Governador do Distrito 1960 
ao Rotary Club de Almada

No passado dia 14 de Julho, pelas 16h15, realizei a minha primeira Visita Oficial enquanto Governador do Distrito 1960, ao Rotary Club de Almada. Como é tradição, a primeira Visita Oficial é feita ao clube do Governador cessante, neste caso o Compº PGD António Mendes. Nesta visita fui acompanhado pelo Presidente do clube, Compº Jorge Lucas Coelho, pelo Governador Assistente do Grupo 12, Compº Afonso Malho (Governador Indicado 2017/2018), pelo Compº PGD António Mendes, pelos membros do Conselho Director e demais Companheiros (as) do Clube.
Antes da reunião com o Conselho Director, tive a oportunidade de visitar a Associação Almadense Rumo ao Futuro, cuja missão é prestar diversos serviços técnicos e de internato a deficientes profundos dos mais diversos escalões etários. Há vários anos que esta Associação é apoiada pelo Rotary Club de Almada e pela Fundação de Rotary Internacional, através da oferta de equipamentos essenciais ao desenvolvimento da sua actividade.
De seguida, visitei o Centro Juvenil e Comunitário Padre Amadeu Pinto, uma Instituição que acolhe diariamente cerca de 100 crianças dos 6 aos 18 anos, em período pós-escolar, proporcionando-lhes o apoio escolar e o acompanhamento pedagógico e de lazer que dificilmente poderiam encontrar em casa, dado a maioria das crianças ser proveniente de famílias com dificuldades.
No final da visita às Instituições, foi-me proporcionada uma passagem pela Rua Rotary Internacional, que representa um marco Rotário ao mais alto nível existente na cidade por intervenção do Rotary Club de Almada.
A reunião com o Conselho Director do clube, que compareceu de forma massiva, decorreu no Hotel Ever Caparica. Nesta reunião, o presidente, Compº Jorge Lucas Coelho, apresentou-me o Plano de Acção para o presente ano, que assenta em quatro pilares fundamentais, nomeadamente crescimento, rejuvenescimento, projectos e pedagogia.
No decorrer da reunião, transmiti as linhas gerais da minha Governadoria, mas também salientei a minha satisfação pelo trabalho que o clube tem vindo a desenvolver e pela convicção do bom trabalho que está previsto o mesmo realizar no presente ano rotário.
O jantar festivo teve lugar no último piso do Hotel Ever, onde se fez a tradicional saudação às bandeiras, seguida da emblemagem de uma nova sócia do Rotary Club de Almada, Companheira Leonor Mendes, que teve como padrinho o Compº Jorge Lucas Coelho, presidente do clube. Este foi um momento bastante aplaudido, não só pelo facto de a Companheira Leonor ser uma pessoa muito estimada por todos, como também por se tratar da primeira admissão de um sócio do sexo feminino neste clube, que este ano completa o seu 64º aniversário e é o quarto mais antigo do Distrito 1960.
            O Presidente do clube, Compº Jorge Lucas Coelho, começou por agradecer a presença de todos os companheiros, citando depois o discurso do Presidente Ravi: “O Rotary é uma maneira de encontrarmos o que há de melhor em nós mesmos e de deixar que esta característica guie as nossas vidas. Não seremos admirados pelos esforços que fizemos para tornar a nossa vida mais rica ou a nossa posição social mais elevada. No final, o nosso valor será medido não por aquilo que acumulámos, mas por aquilo que fizemos pelo próximo”. A sua intervenção terminou com a certeza de que o programa que o clube irá desenvolver este ano será um presente para a comunidade que o mesmo serve.
Na minha intervenção, enalteci a história de serviço e o exemplo do Rotary Club de Almada, bem como todo o mérito do trabalho que este desenvolve junto das Instituições e ainda a satisfação pela entrada de uma nova companheira para o quadro social. Para além disso, enderecei palavras de apreço pelo trabalho desenvolvido pelo Compº PGD António Mendes, que foi o terceiro Governador proveniente do Rotary Club de Almada (para além dos Companheiros Monteiro Bastos e Ricardo d’Almeida Júnior).
No final da visita decorreu a habitual troca de lembranças, tendo oferecido o pin com o lema deste ano rotário “ Seja um Presente Para o Mundo”, recebendo a amável retribuição do Presidente do Clube, complementada com a contribuição do mesmo para a Fundação Rotária Portuguesa. Por fim, juntamente com a nova companheira, fui convidado a assinar a toalha do Rotary Club de Almada, um trabalho artesanal de enorme valor, feito pela esposa de um Compº fundador do clube e no qual se encontram bordadas todas as assinaturas dos companheiros que, ao longo dos anos, integraram o quadro associativo, bem como de todos os Governadores que o visitaram.