Projecto do Rotary Club de Estarreja
vai acompanhar famílias até Março de 2016

Candidatura a projetos de apoio da Fundação Rotária Portuguesa

“Notícias” prossegue a divulgação de projetos enquadrados no âmbito do novo regulamento de candidatura a projetos de apoio da Fundação Rotária Portuguesa. Recentemente falámos com António Nunes de Quadros, membro da Comissão de Administração do Rotary Club de Estarreja, e responsável por acompanhar a realização do projeto “Entrega de bens alimentares a famílias carenciadas” que está a ser implementado pelo clube rotário de Estarreja, até 31 de Maio de 2016. O projeto visa dar resposta às carências alimentares de famílias com parcos recursos, bem como de instituições de carácter social. O projecto enquadra-se na ênfase “Combate à Fome e à Pobreza”.
 
Notícias (N.) – O RC Estarreja desde a entrada em vigor do novo Regulamento de Candidatura a Projectos de Apoio à Fundação Rotária Portuguesa candidatou 4 projectos, enquadrados nas áreas do Combate à Fome e à Pobreza e Alfabetização/Educação. Qual o balanço que faz?
António Quadros (A.Q.) – O balanço que fazemos quanto à realização dos projetos é muito positivo. Na área do Combate à Fome e à Pobreza, o 1.º projeto (n.º 407) possibilitou-nos ajudar algumas instituições do concelho de Estarreja através de entregas mensais de cabazes com bens alimentares destinados a serem distribuídos, em cada uma das freguesias do concelho, a famílias mais carenciadas. As entregas foram feitas às seguintes instituições: Conferências Vicentinas e Cáritas das freguesias de Avanca; Beduído; Pardilhó; Veiros; Salreu; Canelas e Fermelã. Fizemos ainda entregas mensais de cabazes de alimentos à CERCIESTA (Cerci de Estarreja), para ajudar nas necessidades do seu consumo diário. Quanto à área de Alfabetização/Educação o nosso balanço é extremamente positivo. O nosso clube ao longo dos últimos 25 anos já patrocinou e/ou coordenou, com a Fundação Rotária Portuguesa (FRP), mais de 250 bolsas de estudo, atingindo um montante superior a 150.000 euros.
Nos últimos dois anos, após a entrada em vigor do novo Regulamento de Candidatura a Projectos de Apoio, continuamos a beneficiar de alguns apoios de patrocinadores que, com os apoios de companheiros, do clube e da FRP nos permite satisfazer as necessidades que nos foram propostas para a atribuição de 16 bolsas no presente ano escolar 2015/2016.

N. – Em Setembro último o clube candidatou um projecto na área do Combate à Fome e à Pobreza que decorrerá entre Novembro de 2015 e Maio de 2016. Quer explicar-nos no que consiste?
A.Q. – Trata-se do projeto n.º 474, que vem possibilitar-nos repetir a acção anterior nesta área e junto das mesmas instituições do concelho de Estarreja.

N. – Quais as instituições beneficiadas?
A.Q. – Conferências Vicentinas das freguesias de Avanca; Beduído; Canelas; Fermelã e Salreu. Cáritas Paroquial das freguesias de Veiros e Pardilhó. CERCIESTA, de Estarreja.

N. – Para concretizar este projecto o clube conta apenas com o envolvimento dos companheiros ou também tem parcerias?
A.Q. – Especialmente com o envolvimento dos companheiros, embora tenhamos tido um pequeno apoio de uma parceria, com 100 euros. Isto, claro, para além do sempre importante apoio da Fundação Rotária Portuguesa.

N. – Perspectivas para o futuro tendo em conta a retracção económica que se sente no dia-a-dia no país?
A.Q. – As perspectivas não são motivadores. Sente-se bastante retracção por parte de alguns patrocinadores, tendo sido difícil atingir os patrocínios necessários. Pensamos que no futuro as respostas aos nossos pedidos vão ser negativas, especialmente nos casos em que o(a) bolseira(a) complete o seu curso. Aí, provavelmente o patrocinador também terminará o seu patrocínio de bolsa.