Edição n.º 31 do Jornal Rotary em Acção
disponível na versão impressa e digital

A edição n.º 31 do Jornal Rotary em Acção (Outubro/Novembro) chegou esta semana às mãos dos leitores e traz vários motivos de interesse para leitura.
Desde logo no editorial o director do jornal, Luís Valente, chama a atenção para a entrevista – tema de capa – a Assunção Esteves, Presidente da Assembleia da República. A entrevista teve lugar semanas antes das Eleições Legislativas. Na conversa que decorreu de forma informal, Assunção Esteves fala, na primeira pessoa, da sua adolescência, da família e vivência estudantil; como entrou para a política incentivada por Sá Carneiro e os tempos vividos em Chaves e Valpaços, terra Natal. Mas, não se cingiu só a este tema. Abordou o 25 de Abril; a sua acção na Assembleia da República; a passagem da Troika por Portugal; o actual momento político e a solidariedade do movimento rotário.
Nesta edição destaque ainda para a entrevista com Patrícia Resende, a melhor aluna do País, que entrou com nota 20 na Faculdade de Arquitectura do Porto e que foi aluna de Artur da Costa Lopes de Castro, do Rotary Club da Maia, seu professor no Colégio de Gaia.
Outro motivo de interesse constituem os textos de divulgação de vários projectos que já foram concretizados ou estão em fase de desenvolvimento por vários clubes rotários dos dois distritos: 1960 e 1970.
Nas 16 páginas que constituem a presente edição, o leitor encontra ainda informação sobre a acção da FRP e dos clubes rotários nacionais, a actividade de clubes de jovens, e a distinção de que foi alvo o professor Mário Moutinho, reitor da Universidade Lusófona, por parte do past-governador António Mendes, bem como uma agenda das principais actividades rotárias para os meses de Outubro e Novembro, que integra, entre outras notas, as visitas oficiais dos governadores e os aniversários dos clubes rotários.
Referência ainda à carta que a irmã de uma bolseira, Inês Correia Dias, endereçou aos serviços administrativos da Fundação Rotária Portuguesa. A jovem usufruiu de bolsa patrocinada através do Rotary Club de Pombal e a carta, segundo escreve Luís Valente, no editorial é «mais um testemunho, na primeira pessoa, que constitui motivo de orgulho».
Boa leitura.

Clique aqui para fazer download da versão PDF