APADP e ACREDITAR têm apoio do movimento rotário

Projectos de apoio da Fundação Rotária Portuguesa

“Notícias” divulga um projeto enquadrado no âmbito do novo regulamento de candidatura a projetos de apoio da Fundação Rotária Portuguesa realizado pelo Rotary Club de Lisboa-Norte. Neste sentido, falámos com Carlos Esaguy Coimbra, responsável por acompanhar o projeto “Apoiar a ACREDITAR na área de Oncologia Pediátrica” que se enquadra na ênfase “Combate à Fome e à Pobreza”.

Notícias (N.) – O Rotary Club Lisboa-Norte desde a entrada em vigor do novo Regulamento de Candidatura a Projetos de Apoio à Fundação Rotária Portuguesa candidatou projetos na área da Alfabetização/Educação e na da Promoção da Saúde. Que balanço faz?
Carlos Coimbra (C.C.) – Há já muitos anos que o RC Lisboa-Norte, anualmente, atribui à APADP – Associação de Pais e Amigos de Deficientes Profundos ajudas destinadas a assegurar o funcionamento do centro de Agualva Cacém. No entanto, tendo em conta as dificuldades existentes, foi com enorme satisfação que vimos contemplado o nosso pedido pela Fundação Rotária. Desta preciosa ajuda/subsídio, apenas temos a destacar o aspeto positivo da iniciativa e agradecer a colaboração.
N. – Atualmente têm um projeto cuja beneficiária é a ACREDITAR – Associação de Pais e Amigos das Crianças com Cancro – Núcleo Regional Sul. Como surgiu a ideia de apoiar a instituição? Qual a reacção da Associação Acreditar e das crianças a esta ação do Rotary Club de Lisboa-Norte?
C.C. – O projeto de apoio à ACREDITAR – Associação de Pais e Amigos das Crianças com Cancro, que se desenvolve há vários anos, surgiu após a visita às instalações da instituição. O apoio do clube foi recebido com agrado, não só pelos associados como pelos voluntários que ali asseguram o acolhimento das crianças e famílias e ajudam a minorar todas as situações durante os tratamentos.
N. – Paralelamente desenvolvem um projeto na área da saúde em colaboração com a Associação de Pais e Amigos dos Acamados Profundos. Quer, explicar-nos os interesses da associação?
C.C. – A Associação de Pais e Amigos de Deficientes Profundos tem como objetivo principal zelar pelos interesses e direitos das pessoas portadoras de deficiência profunda, englobando todos os aspetos da sua vida e contribuindo para a sua felicidade, nomeadamente, o seu bem-estar físico psíquico e social, a família e a integração e aceitação social. Outra das suas missões é educar e desenvolver os deficientes profundos e ajudar os pais ou responsáveis nos problemas a eles relativos, preocupando-se com o seu futuro, favorecendo a criação de centros terapêuticos onde possam ser assistidos e acompanhados.