Sobre Rotary

O que nos torna diferentes?


A nossa abordagem e pontos de vista distintos proporcionam vantagens exclusivas:

• Nós vemos as coisas de forma diferente: a nossa perspectiva multidisciplinar permite olhar para os desafios de uma maneira singular.
• Pensamos de forma diferente: aplicamos a nossa liderança e experiência nos problemas sociais e encontramos soluções excepcionais.
• Agimos com responsabilidade: a nossa dedicação e perseverança criam uma mudança duradoura.
• Fazemos a diferença globalmente: os nossos associados podem ser encontrados nos quatro cantos do mundo.

Como trabalhamos?


O nosso impacto começa com os nossos associados: pessoas que trabalham incansavelmente nos seus clubes, para resolver alguns dos desafios mais difíceis das nossas comunidades. Os seus esforços são respaldados pelo Rotary International, pela nossa rede de rotários, pela Rotary Fundation e pela Fundação Rotária Portuguesa, que transformam doações generosas em subsídios para financiar o trabalho de nossos associados e parceiros. O Rotary é conduzido pelos nossos associados: líderes responsáveis que ajudam a levar adiante a Missão e os Valores da nossa organização.

Como chegamos aqui?


Fazemos história e conectamos pessoas de diversos países há mais de 100 anos. Desde a nossa fundação, em 1905, enfrentamos alguns dos desafios mais difíceis do mundo e ajudamos igualmente uma vasta gama de organizações internacionais e humanitárias.

Como usamos os nossos recursos financeiros?


Liderança responsável significa mais do que fazer um bom trabalho. Significa aproveitar ao máximo cada doação que recebemos.

O primeiro clube de prestação de serviços do mundo, o Rotary Club de Chicago, foi formado em 23 de Fevereiro de 1905 por Paul Percy Harris, um advogado que queria reproduzir num grupo profissional o mesmo espírito de amizade que caracterizava as cidades pequenas da sua juventude. O nome "Rotary" surgiu devido ao sistema inicial de rotação das reuniões, que eram alternadas entre os escritórios dos integrantes do grupo. A Carta Constitucional do Rotary Clube de Lisboa datada de 23 de Janeiro de 1926, impulsionou o desenvolvimento do movimento rotário em Portugal, sobretudo através dos Clubes de Lisboa e do Porto, e permitiu augurar a constituição do Distrito Rotário Português que, de facto, começou a funcionar como tal em 1946, com o número 62. Em 1957 o Distrito Rotário Português, que conta com 17 clubes em funcionamento, passa a ter o número 176 e em 1977 o número 196. Mais tarde, em 1991 ocorreu mais uma alteração e o distrito português foi, finalmente, subdividido em dois o do sul e ilhas a ser denominado de 1960. O do norte, recém-criado, ficou a ser o 1970.